Magistech

Procurando por um ERP para agronegócio? Veja como podemos te ajudar!



O panorama da indústria do leite no primeiro trimestre de 2019

No mês de março de 2019, o preço do leite ao produtor teve aumento pela terceira vez, o que registrou aproximadamente R$1,4784 litro na Média Brasil. O valor é seis centavos maior do que aquele que foi registrado no mesmo mês pela Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP.

Como previsto pelos gestores da área, o avanço se deu de forma bem mais lenta quando comparado aos meses anteriores. Se o mês de março do ano de 2018 for o escolhido para a comparação, a alta é de 32,4%, já no acumulado dos três primeiro meses foi de 18,9%. As duas situações mostram que os valores foram reduzidos pelo IPCA do mês de fevereiro de 2019, como podemos observar.

Os três primeiros meses de 2019 foram marcados por uma oferta de leite reduzida no campo e pelo crescimento da competitividade entre indústrias para garantir a compra da matéria-prima. As chuvas foram responsáveis pela limitação da captação no mês de fevereiro e influenciaram negativamente nas pastagens e na produção das lavouras de milho.

Em razão disso, os produtores reforçaram a utilização de silagens com o objetivo de sustentar a demanda da produtividade em curto prazo. Contudo, os produtores estão ainda bastante preocupados em relação à forma de administrar os alimentos, que podem ser prejudicados no meio do ano em decorrência das frequentes chuvas em algumas cidades. Além disso, com as chuvas também se intensifica o risco de doenças nos animais, ocasionando, mais uma vez, queda na produção.

 

Índice do Cepea registra queda 4,7% Média Brasil

Os dados da pesquisa mostram que houve uma redução de 4,7% na Média Brasil entre os meses de janeiro e fevereiro. As baixas mais relevantes foram notadas nos estados de Goiás e Rio Grande do Sul, sendo 9,9% e 7,9%, respectivamente. Já São Paulo, Santa Catarina e Goiás registraram redução de 4%, 3,2% e 3% no mesmo sistema. Em Minas Gerais, o recuo na captação foi de 2,9% e no Paraná de 1,9% só no segundo mês de 2019.

A opinião dos agentes para os próximos meses são divergentes. É de suma importância ressaltar que o rebanho no Brasil é dependente das pastagens, que, por outro lado, são muito prejudicadas nos períodos de seca que atinge o Sudeste e Centro-Oeste. Eles ainda reforçam a importância de levar em consideração a oferta de laticínios por matéria-prima de mais qualidade, visando as atuais normas (IN 76 e 77).

A pesquisa realizada apontou a dificuldade que as indústrias tiveram no repasse do valor da matéria-prima para os derivados, o principal fator, logicamente, é a demanda fragilizada. No entanto, o resultado disso foi que o custo do leite spot vendido em MG reduziu 10,4% no mês de março, e o preço do UHT recebido pelas indústrias no estado de São Paulo teve recuo de 2,3%. 

Com uma margem tão apertada, as empresas do setor se deparam com dificuldades para garantir a compra de matéria-prima de qualidade, podendo deixar em estado vulnerável a manutenção da movimentação de valorização no campo.

 

Entenda a importância do ERP na indústria de laticínios

A indústria de laticínios tem um papel muito importante para a economia brasileira. Vale lembrar o quanto esse mercado é competitivo e, para bater de frente com esta competição, os produtores estão cada vez mais investindo nos sistemas de gestão como, por exemplo, o ERP.

O sistema de gestão ERP possibilita aos gestores terem visão mais ampla de todos os processos e da produtividade em sua indústria de laticínios. Além disso, permite a comunicação entre todas as áreas em tempo real. Por isso, é importante que os gestores façam a implantação do ERP e comprovem seus benefícios e vantagens para o empreendimento.

Ao contratar um sistema ERP para laticínio, o gestor poderá visualizar a todo tempo todo o desempenho de produção, bem como as falhas, quais são os processos que estão tomando mais tempo e quais estão funcionando corretamente.

A Magistech é uma empresa especializada em implantação de diversas soluções tecnológicas como o sistema de gestão ERP e o sistema para laticínios, tendo como principal objetivo ofertar o que há de melhor em tecnologia e otimização de processo produtivo a todos os seus clientes.


Data de Publicação: 02/05/2019
Autor: Magistech
Leia outras notícias

Atuamos há mais de 15 anos no segmento lácteo, com destaque para nossos serviços de ERP para Laticínios e sistema de coleta de leite.

Magistech - Solicite um Orçamento